7 de novembro de 2015

Críticas: Animation Runner Kuromi & Shirobako

Animation Runner Kuromi
Animation Runner Kuromi Crítica
Título Original: Animeshon Seisaku Shinko Kuromi-chan
Gênero(s): Comédia
Estúdio: Yumeta Company
Ano(s): 2001, 2004
No. de Episódios: 2

*** (Merece Ser Assistido)

Como ambos os animes tratavam do mesmo tema (indústria de animação do Japão), resolvi analisa-los em um único post. Primeiramente vamos falar de Animation Runner Kuromi, um pouco conhecido OVA em duas partes, que retrata com muito humor o duro mundo dos estúdios de animação do Japão. A história gira em torno de Kuromi, que desde pequena sonha em ser animadora, ela consegue um emprego em pequeno estúdio chamado Studio Petit, lá ela é designada como gerente do estúdio, sendo responsável por fiscalizar o trabalho dos animadores do estúdio, dos quais cada um possui um tipo de problema e não conseguem entregar os desenhos em dia, o humor da serie vez principalmente disso, as maneiras que Kuromi encontra para que os animadores trabalhem melhor e entreguem os seus trabalhos no dia. 

O estilo de animação é pouco realista e muita vezes são usados modelos super deformed, o ritmo da história em função da curta duração é frenético. Você não vai rolar no chão de tanto rir, mas o anime possui momentos realmente engraçados. Animation Runner Kuromi não é uma obra prima, mas também não merecia ser completamente esquecido como atualmente é.

Shirobako
Shirobako Crítica
Gênero(s): Comédia, Drama
Demografia: Shonen
Estúdio: P.A.Works
Ano(s): 2014 – 2015
No. de Episódios: 24

*** (Merece Ser Assistido)

O segundo anime é Shirobako uma visão mais realista, mas ainda sim leve sobre o mundo dos animes. O anime conta história de 5 amigas que faziam parte do clube de animação no colégio e prometeram um dia fazerem um projeto juntas, apesar de contar um pouco da história das 5, o foco fica em cima da personagem Aoi Miyamori que trabalha como assistente de produção num estúdio respeitado, mas que à muito tempo não faz nada relevante, assim como a Kuromi ela é responsável por fazer que os animadores trabalharem e entregarem tudo no prazo, mas aqui o trabalho é levado bem mais serio que em Kuromi. No anime somos apresentados à alguns problemas que praguejam a produção de animes e a dificuldade de entregar tudo a tempo. 

O ponto alto de Shirobako é a maneira quase documental que mostra a produção, mas ainda sim o roteiro sofre pelo excesso de emocionalismo, e também é difícil descrever em que gênero Shirobako se encaixa já que é tão leve para ser um drama, e muito pouco engraçado para uma comédia. Se você não tem ideia de como funciona a produção de seus animes favoritos, Shirobako é altamente recomendado pra vo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário